Ceará realiza Congresso Missionário do Regional Nordeste 1

Entender a realidade para construirmos uma Igreja verdadeiramente missionária. Com esse objetivo, o Regional Nordeste 1 da CNBB (estado d Ceará) realizou seu 1º Congresso Missionário. O evento ocorrido nos dias 14 a 16 de julho, no sitio São Francisco em Horizonte, arquidiocese de Fortaleza, serviu de preparação para o 4º Congresso Missionário Nacional marcado para setembro deste ano em Recife (PE).

A programação abriu com uma análise da conjuntura política e social do país realizada por Vicente Flávio, das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) da arquidiocese de Fortaleza que mostrou os retrocessos políticos e sociais, os contextos que precisam ser denunciados e as lutas que podemos ajudar a fortalecer.

IMG-20170718-WA0046

Participaram representantes das nove dioceses do Estado, membros da Conferência dos Religiosos e Religiosas do Brasil (CRB), Conselho Missionário de Seminaristas (Comise), Associação dos Missionários do Nordeste, Infância e Adolescência Missionária (IAM) e Juventude Missionária JM). Foram dias de muito estudo, animação e espiritualidade missionária onde todos perceberam a necessidade de unir forças para a vivência da alegria do evangelho para uma igreja em saída.

As reflexões seguiram a mesma temática do 4º Congresso Missionário Nacional. O bispo da diocese de Crateús (CE) e referencial para a missão no Ceará, dom Ailton Menegussi, tratou sobre “A alegria do Evangelho” e trouxe a mensagem do papa Francisco analisando as conjunturas nas quais somos desafiados a vivenciar a alegria do anúncio. Dom Ailton animou as forças missionárias para tornar a Igreja do Ceará cada vez mais missionária e autêntica seguidora de Cristo.

IMG-20170718-WA0045O assessor do Conselho Missionário Regional (Comire), padre Antônio Lopes, tratou sobre Sinodalidade e Comunhão. “A sinodalidade representa a própria realidade da vida eclesial pois o povo é chamado formar comunidade e caminhar juntos com os irmãos e com Deus”, disse o assessor. “Podemos compreender a sinodalidade como um aspecto central da participação. Sem caminhar junto não pode haver participação e sem participação nas decisões e nas práticas eclesiais não pode haver sinodalidade”, destacou padre Lopes.

O tema do Testemunho e profestismo foi abordado pelo padre Cornélio, professor da Faculdade Diocesana de Mossoró. “O ponto chave para o testemunho e o profetismo é o encontro com a pessoa de Jesus Cristo e seu Evangelho”, sublinhou o padre. “O profetismo e o testemunho do discípulo missionário se inserem no projeto de Jesus Cristo, que é instaurar o Reino de seu Pai. Reino de vida, de justiça e liberdade, reino da verdade e da paz.”

Na opinião do padre Luciano Gonzaga, coordenador do Comidi da arquidiocese de Fortaleza, “o Congresso foi uma expressão da comunhão do Regional com a participação de todas as dioceses”. IMG-20170718-WA0048Padre Luciano ressaltou que “as formações, partilhas, a espiritualidade e a convivência foram momentos fortes e que isso ajudam a motivar a participação no Congresso Missionário Nacional e juntos levarmos a palavra, o testemunho e a caridade a todos os povos”.

O jovem Bruno Elvis, da Juventude Missionária (JM) da diocese de Limoeiro do Norte (CE) enfatizou que, além da formação, é fundamental “a troca de experiências entre pessoas das diversas realidades. Um encontro como esse anima ainda mais a trabalhar por um mundo mais justo e solidário”.

Para a coordenadora estadual da Infância e Adolescência Missionária (IAM), Ariane Gleice, “o Congresso foi um momento ímpar de formação e troca de experiências das forças missionárias no Ceará. Foi muito positivo escutar pessoas de dioceses diferentes formar peculiaridades de se levar a alegria do Evangelho”.

Maria de Jesus, uma das representantes da diocese de Sobral, disse que o encontro serviu de incentivo para “fortalecer a sua atuação junto às Pastorais Sociais em sua diocese e paróquia”.

O Regional Nordeste 1 estará no 4º Congresso Missionário Nacional com uma delegação de 40 pessoas representando todas as dioceses e forças missionarias do Ceará.

Com informações do Comire Nordeste 1.

Outras notícias