Papa nomeia uma religiosa como chefe da Academia das Ciências Sociais

A nova presidente escolhida por Francisco para dirigir a instituição pontifícia é Irmã Helen Alford, dominicana de Santa Catarina de Siena de Newscastle, até agora decana do Angelicum.

O Papa continua sua disposição de oferecer responsabilidades proeminentes às mulheres dentro das instituições vaticanas. Na manhã deste sábado, 1º de abril, a religiosa Helen Alford, O.P., decana da Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade de Santo Tomás de Aquino – Angelicum, em Roma, foi nomeada para presidir a Pontifícia Academia das Ciências Sociais.

Irmã Alford, que é membro das Irmãs Dominicanas de Santa Catarina de Sena de Newcastle, na Grã-Bretanha, sucede o economista Stefano Zamagni, que o Papa havia nomeado como presidente em março de 2019. A religiosa dominicana graduou-se em Engenharia de Gestão pela Universidade de Cambridge, onde também obteve um doutorado de pesquisa. Grande parte de sua carreira acadêmica ocorreu no Angelicum, como professora na Faculdade de Ciências Sociais, assim como vice-reitora da mesma universidade.

A irmã dominicana é uma especialista internacional em Ética Empresarial, e ensinou em várias universidades sobre assuntos relacionados à ética econômica e à história do pensamento social cristão. Ela também faz parte dos conselhos científicos de várias revistas científicas, incluindo Journal of Catholic Social Thought, Finance and the Common Good, Transforming Business, OIKONOMIA: revista de ética e ciências sociais.

Ela é membro ordinário da Pontifícia Academia das Ciências Sociais desde 2020 e foi anteriormente consultora do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz.

Fonte: Vatican News

Outras notícias