POM Brasil celebram 45 anos de caminhada missionária

As Pontifícias Obras Missionárias do Brasil celebram neste dia 20 de novembro seu aniversário de 45 anos de fundação. Uma história construída com a vida doada de muitos missionários e missionárias, sendo sinal de esperança nos locais mais necessitados. O caminho percorrido pelas POM é sinodal e de profunda comunhão, interligando todas as forças vivas das Igrejas particulares e dos conselhos missionários em diferentes âmbitos.

A data se refere ao dia em que as Pontifícias Obras tiveram sua criação no Brasil como pessoa jurídica, em 20 de novembro de 1978, na cidade de São Paulo. Naquela ocasião estavam envolvidos neste nascimento os superiores provinciais das congregações da Consolata, Combonianos, Verbo Divino, Xaverianos, Missionárias da Imaculada e o PIME.

Segundo Ir. Regina da Costa Pedro, diretora nacional das POM, esses 45 anos são marcados por muitas atividades de cada uma das quatro obras. “Nós sabemos bem que a Infância Missionária e a Propagação da Fé já existiam no Brasil antes das Pontifícias Obras serem constituídas como sujeito jurídico. Mesmo tendo passado esses 45 anos, as POM continuam sendo uma realidade ainda pouco conhecida, sem deixar de considerar a sua importância como organismo oficial da Igreja Católica, e que está a serviço do Papa como missão ligada à Evangelização. Esta celebração dos 45 anos acontece também com esse desejo de que esta instituição se torne mais conhecida, não tanto por ela mesma, mas para que ela possa ajudar a animar todas as Igrejas locais neste sentido de cooperação entre as Igrejas e universalidade da missão”, lembrou a diretora.

Passados alguns dias da realização do 5º Congresso Missionário Nacional, Ir. Regina também lembra a importância de celebrar essa data nesta semana. “Gostaria de destacar que a celebração desse aniversário após a realização do 5º Congresso Missionário Nacional, que aconteceu em Manaus, se faz em um momento muito bonito. O congresso contou com a participação de mais de 800 pessoas de todas as regiões do Brasil e nos reafirmou ainda mais sobre a importância da missão que as Pontifícias Obras têm a prestar para cada Igreja local, para que elas possam se tornar cada vez mais Igreja de Jesus Cristo, Igreja missionária e uma Igreja aberta com os pés fincados na própria realidade e o coração aberto para ir até os confins do mundo”, finalizou Ir. Regina.

Dia de celebração
Para comemorar e fazer memória desse percurso histórico, a direção nacional e os secretários das Obras Pontifícias prepararam um dia repleto de atividades na sede nacional das POM. Durante a tarde, a partir das 14h, será realizada a Assembleia Geral Ordinária das Pontifícias Obras Missionárias, reunindo as lideranças das entidades que compõem o Conselho Geral das POM. Entre outros assuntos, inicia neste encontro o processo de escolha e definição do tema da Campanha Missionária de 2024.

Após a reunião, os convidados participam de Celebração Eucarística em ação de graças pelos 45 anos de fundação das POM no Brasil, às 17h30, seguido de jantar festivo com colaboradores e convidados.

Outras notícias