Congresso realizado pelo Comidi abre o ano missionário da Diocese de Petrópolis

Com a abertura do Ano Missionário Diocesano, o lançamento oficial do aplicativo “Imissionário” do Conselho Missionário Diocesano (Comidi) e o envio do Padre Alexander de Brito Silva como missionário na Amazônia, a Diocese de Petrópolis realizou, no dia 20 de outubro, o Congresso Missionário Diocesano, na Quadra Jesus, Maria e José, na Paróquia Imaculada Conceição, no Decanato São José de Anchieta. O coordenador do Comidi, Padre Jovane da Rosa Carmo agradeceu o apoio de todos, frisando que o trabalho do conselho continua a com o ano missionário muito será realizado na Diocese.

padre alex benção do bispoPadre Alexander de Brito Silva, ao receber a benção do bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB, disse que o desejo de ser missionário era algo que estava há muitos anos em seu coração e há 11 anos aguardava a permissão para ir fazer missão. “A primeira vez que pedi foi quando o bispo ainda era Dom Filippo Santoro. Depois, fiz o mesmo pedido ao saudoso Monsenhor Paulo Daher quando era administrador diocesano e com a chegada de Dom Gregório fiz novamente. Mas, somente agora tive a permissão e vou para um trabalho de três anos, com a certeza de que aqui encontrarei sempre um coração aberto a me receber”, disse o Padre Alex, como é conhecido na Diocese.

A sua ida para Diocese de Parintins, onde está o Padre Carlos Caridade, também da Diocese e em missão há mais de três anos na região da Amazônia, será em janeiro. Até lá, ele continua como Pároco da Paróquia Imaculada Conceição. Com relação à Paróquia, Padre Alex agradeceu o carinho de todos os paroquianos, principalmente pela missão que lhes foi dada de organizar e trabalhar pela realização da Assembleia Diocesana, ocorrida no dia 19 de outubro, e o Congresso Missionário, no dia 20 de outubro. “Todo sucesso destes encontros se deve ao trabalho e dedicação dos paroquianos”, afirmou Padre Alex.

_MG_1159Dom Gregório Paixão presidiu a missa de encerramento do Congresso Missionário Diocesano e ao final fez a abertura oficial do Ano Missionário Diocesano, que começou com o início do Mês Extraordinário Missionário (2019) e termina, no dia 31 de outubro de 2020. Ao longo deste período, segundo o bispo, toda Diocese estará empenhada na missão. Todas as atividades das paróquias, grupos, pastorais, comunidades de vida consagrada e outras ações devem ter como objetivo central a missão, ir ao encontro do próximo, “anunciar Jesus Cristo pela palavra e pelo testemunho de vida”.

Durante todo o Congresso Missionário Diocesano os representantes das mais diversas regiões da Diocese de Petrópolis tiveram a oportunidade de ouvir palestras, como a realizada pelo bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Paulo Romão e do Padre Antônio José. O evento contou ainda com a participação da Comunidade Missionário Água da Vida, Comunidade Magnificat, a Infância e Adolescência Missionária da Diocese e o espetáculo “O Canto das Írias” com a Comunidade Shalom.

_MG_1814Um dos momentos aguardados pelos participantes foi o show com vários cantores com a presença das cantoras católicas Larissa Viana e Juliana Limah e os cantores Alan e Fernando, Caio e Igor e o grupo Vox Anima. O Congresso Missionário Diocesano viveu momentos de grande beleza como a Adoração ao Santíssimo e a santa missa presidida por Dom Gregório Paixão, com a presença do Vigário Geral da Diocese, Monsenhor José Maria Pereira e diversos padres diocesanos e religiosos.

Outras notícias